Get Adobe Flash player

Mural de Recado

elivan carneiro
16/10/2014 às 21h39
func publico
joao pessoa Pb

diga amigo gladson gostaria de desejar muita paz saude nao so pra vc como todos os seus familiares aproveito tb para parabenizar seu grande trabalho em prol do atletismo. Atenciosamente Elivan(ciclistaUltramaratonista natural de BananeirasPb residente em [...]

Ver recado completo »

Artigos e Notícias

Gladson conquista o segundo lugar no Circuito Longevidade, Etapa Ribeirão Preto 2013.

Em meio a um grupo de 40 corredores de elite, dois atletas quenianos são os vencedores da sexta edição do Circuito da Longevidade Bradesco Seguros em Ribeirão Preto (SP). Ednah Mukhwana, que participa da competição desde 2008, foi a primeira mulher a chegar. No pelotão masculino, a vitória foi de Kiprop Mutai. Entre os corredores, o principal obstáculo foi a pista, com muitas subidas. A segunda colocada foi a brasileira Andreia Aparecida Hessel, de São Paulo. Gladson Barboza, de Ribeirão Preto, comemorou a segunda colocação. Essa vitória eu ofereço para a minha torcida, o povo aqui de Ribeirão, que veio me prestigiar e me aplaudiu muito.”

Site do Evento!

Fonte: Vera Soares/MK-Bradesco

 

Vitória de Giovani dos Santos e Gladson em suas respectivas provas.

Piracicaba - Mais de uma centena de atletas participaram da nona edição do Campeonato Brasileiro/Caixa de Corridas de Fundo em Pista 2013, realizado no Centro "Mario Mantoni" do Sesi, em Piracicaba, interior de São Paulo.

Em uma das provas mais aguardadas do dia, os 10.000 m masculino, participaram Marilson Gomes dos Santos, quinto colocado na maratona olímpica de Londres, Gilberto Silvestre Lopes, campeão da prova em 2012, e Giovani dos Santos, bronze nos 10.000 m no PAN 2011. Eles não decepcionaram e impuseram um ritmo forte logo no começo da disputa. (Fotos)

Leia mais...

 

Gladson conquista o quarto título brasileiro nos 3 mil metros com obstáculos.

Nos 400 m feminino, Geisa Coutinho confirmou sua condição de principal atleta brasileira na prova, ao vencer com 51.46. Juliana Santos, em sua segundo prova nos últimos dois anos, em que se afastou para ter seu primeiro filho (Miguel), ela conquistou o título nacional, com 2:05.20. Nos 3.000 m com obstáculos masculino, uma chegada impressionante, com Gladson Barbosa superando, por um centésimo, Hudson de Souza, seu ídolo.

HEDERSON - O campeão dos 400 m, o paranaense Hederson Alves Estefani (Brasil FC) também é Líder do Ranking Brasileiro dos 400 m com barreiras, com 49.71 (o índice olímpico é 49.18). "Estou muito feliz porque melhorei meu resultado e fui campeão do Troféu Brasil", disse o atleta de 20 anos, nascido em Curitiba. "A prova foi muito difícil e dei o meu máximo. Por isso, não posso lamentar ter ficado perto do índice." Ele é treinado por Luiz Alberto de Oliveira, coordenador das provas de pista do CNT Caixa/Sesi de Uberlândia (MG). "O Luiz é bastante exigente, mas os resultados dos treinos você vê na competição."

Leia mais...

 

BM&FBovespa vence Troféu BRASIL/CAIXA de Atletismo pela 11ª vez.

São Paulo - A equipe paulista da BM&FBovespa, de São Caetano do Sul, venceu pela 11ª vez consecutiva o Troféu Brasil/Caixa de Atletismo, com 691 pontos. Foram 367.5 pontos a mais que o vice-campeão, o Pinheiros/Asices, que somou 323,5. A Orcampi/Unimed, de Campinas (SP), foi o terceiro, com 162 pontos.

A BM&FBovespa tem vários dos principais atletas do País e vários deles foram campeões, inclusive os dois eleitos como os melhores do torneio: Luiz Alberto de Araújo (decatlo), no masculino, e Cruz Nonata da Silva (5.000 m / 10.000 m) no feminino.

Leia mais...

 
Mais Artigos...